O Centro Universitário realizou atendimentos e orientações para vítimas de agressão doméstica  

O UNIFASB/UNINASSAU - Centro Universitário São Francisco de Barreiras, por meio dos cursos de Direito e Psicologia, promoveu um dia exclusivo para atender mulheres vítimas de violência. A ação foi realizada no dia 25 de novembro, na Unidade de Serviços da Instituição, com o tema Dia Internacional Pela Fim da Violência Contra as Mulheres.  

Orientação sobre violência doméstica, ação de divórcio, dissolução de união estável e acompanhamento psicológico foram alguns dos atendimentos ofertados.   A coordenadora do curso de Direito da UNIFASB/UNINASSAU, Delvânia Borges, colocou a Instituição à disposição para acolher as mulheres que desejam e precisam se libertar do ciclo de violência. “O evento é só um dia, mas o Núcleo de Prática Jurídica da UNIFASB está disponível durante todo o ano letivo para acolher e orientar essa mulher que vive em situação de agressão. Também propormos ações necessárias quando a mulher resolve romper o vínculo com o agressor, seja ela na esfera psicológica ou física”, declara.  

Os atendimentos foram realizados em salas fechadas, de forma individual, assim, garantido a privacidade das mulheres que buscaram ajuda. Após os atendimentos, o professor do curso de Direito da UNIFASB/UNINASSAU, Rafael Corado, apresentou números de violência contra à mulher no país, durante a palestra “Lei Maria da Penha: Todos no Combate à Violência contra à mulher”. “Hoje, no Brasil, a gente tem mais de um milhão de processos envolvendo a violência doméstica, e, desses, mais de cinco mil casos envolvendo a questão do feminicídio. Por isso, a importância de discutir sobre esse tema, temos que fazer valer a lei”, finaliza.   

: